Bem-Vindo - 23/10/14

UMA VEZ MAIS, A COLUNISTA HILDEGARD ANGEL, ATACOU A AMASCO EM SUA COLUNA DOS DIAS 12,13 E 17/07. ENVIAMOS A ELA O SEGUINTE TEXTO:

A ilustre colunista, aparentemente resolveu bombardear a AMASCO, usando o poder de sua coluna, simplesmente porque nossa Associação, em seu pleno direito e dever, defende e sempre defenderá sua comunidade com afinco e dedicação. A colunista deveria usar esse mesmo poder e publicar as cartas que temos enviado à coluna com fatos esclarecedores em que ela teima em não considerar.

A colunista quer saber onde estava a AMASCO em 2003 quando apresentaram um projeto de remoção do Bairro da Rocinha. Estávamos onde sempre estivemos, ao lado de nossa comunidade e em defesa de São Conrado. E desde quando a remoção de qualquer comunidade, onde se lida com seres humanos é sem traumas? Diz ainda que o projeto foi apresentado em véspera de eleição. Já cansamos de ver esse filme. Em véspera de eleições, todo mundo tem um projeto a apresentar. Qualquer projeto que envolva uma comunidade tem que ser apresentado às autoridades e aos interessados diretos que no caso seria o Bairro da Rocinha e os bairros de São Conrado, Gávea e Leblon. Todos sabem que remover favelas hoje é puro factóide e muito menos numa comunidade de mais de 70 mil moradores.

Imobilismo total? Mais uma vez a colunista demonstra desconhecer o trabalho da AMASCO. Se a colunista buscar nos arquivos do JB, encontrará pelo menos duas publicações que desmentem totalmente essa afirmação: Caderno Cidade 20/4/2004, sob o titulo “Rocinha pode ser integrada” e Opinião, 21/04/2004, sob o titulo “Vazio de Estado”, que enaltecem nossa ação devido aos graves acontecimentos ocorridos no Bairro da Rocinha, em 2004, quando todas as autoridades públicas se esconderam em suas “cascas” a AMASCO mobilizou as lideranças comunitárias daquele bairro, a FIRJAN, ADEMI, OAB, IAB, SINDUSCON, PUC, o Clube de Engenharia, o CREA, a Câmara Comunitária da Barra, as Associações da Gávea, Leblon, Jardim Botânico, Alto Gávea etc criando o FÓRUM DE URBANIZAÇÃO DA ROCINHA, e após inúmeras reuniões e levantamentos nessa comunidade, pesquisas etc foi elaborado e patrocinado pela AMASCO, o Projeto de Urbanização, que fez parte do escopo do projeto vencedor no concurso de idéias para urbanização da Rocinha, criado pelo IAB e para o qual atualmente os recursos estão sendo liberados pelo governo.

A AMASCO sempre teve e sempre terá compromisso com a verdade. Não precisamos agradar nenhuma autoridade em nossas conquistas para comunidade, que certamente não é de conhecimento da colunista, pois a AMASCO sempre trabalhou em silêncio, sem a necessidade de aparecer na mídia. Fizemos a mesma crítica a revista Veja, que pelo menos se dignou a publicar nossa carta e a carta de vários leitores de São Conrado. Continuamos afirmando AQUI NÃO HÁ ESSA GRITANTE VIOLÊNCIA MOSTRADA PELA COLUNA! É só consultar a Instituto de Segurança Pública.

Sobre documento articulado pelas Associações da Zona Sul, a AMASCO jamais vai assinar um documento, onde a intenção principal é apenas xingar uma autoridade pública, sem oferecer nada que possa ajudar na solução dos problemas apresentados. E isso a AMASCO deixou bem claro aos organizadores do documento. É assim que a AMASCO trabalha, imbuída sempre do espírito comunitário.

Para que a ilustre colunista tenha melhor conhecimento de uma associação séria, organizada, preocupada e integrada com seus moradores e vizinhanças, convidamos a colunista a conhecer mais de perto o trabalho de nossa Associação, fazendo-nos uma visita em nossa sede no Fashion Mall.

Fonte: Jornal Condomínios Em Foco

José Britz

José Britz

E-mail: amasco@amasco.org.br
Site: www.amasco.org.br
Colunista desde 01/08/2007 e têm 2 artigos escritos.
O artigo mais lido é São Conrado comemora venda do Hotel Nacional.

VISITE NOSSOS PARCEIROS